Categoria: Íntimo & Pessoal

Testemunhais

Déjà vu (ou ‘Quem sabe isso quer dizer amor… 2 – A Missão’)

Oitavo domingo de quarentena. Acordo dentro da memória brumosa e morna do “Encontro de porta” com nossos mais novos melhores amigos. Grata pela noite, por olhar do lado e checar o sono fungador do Ma, sentir nossos filhos-gatos esparramados entre nossos pés e pernas, lembrar que é dia de escola Aprendizes do Evangelho e – …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/deja-vu-marcio/

‘Quem sabe isso quer dizer amor…’ (relato de uma quarentena)

Quase tenho culpa por me sentir tão confortável em isolamento, neste momento grave de ameaça civil. É que pela primeira vez na vida minha tendência natural ao encasulamento está sendo visto como algo desejável e não como um grave defeito. Explico-me: cresci levando pitos de familiares e amigos por “viver no mundo da lua”. Na …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/quem-sabe-isso-quer-dizer-amor/

Diários do SUS: dia 3

Em seu terceiro dia de espera por internação, na sala de Observação da Santa Casa de Ribeirão Preto, mamãe mantém a candura de sempre. A expressão é de cansaço, e o humor, deprimido, por mais que ela tente disfarçar. Mas ela nunca reclama de nada e se interessa genuinamente por todos os outros pacientes à …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/diarios-do-sus/

Minha mãe tem fome!

Minha mãe tem fome. Não só de comida. São 9h da manhã de um domingo de abril. Eu a acompanho na sala de observação da Santa Casa de Ribeirão Preto desde as 8h, quando rendi minha irmã, que passou a madrugada toda com ela. Antes, das 18h às 23h de sábado, foi minha outra irmã …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/minha-mae-tem-fomes/

Crônica pra consolar gente grande

Balanço os músculos doridos de biribol abrigada numa rede à beira de uma piscina. Após meses (anos?) de perdas e lutos eu e Márcio nos soltamos, gratos, à rede invisível de novos afetos… Leio ao celular notícias do mundo lá fora… a tristeza de notícias sobre governantes obtusos, o ódio vexatório destilado sobre a memória …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/cronica-pra-consolar-gente-grande/

Questões do luto

Há várias definições para luto no dicionário. Nenhuma descreve ou prepara para os sentimentos pós morte-velório-sepultamento. Após testemunhar três perdas consecutivas de meu parceiro de vida – seu pai de câncer, em 2016; o irmão, de septicemia decorrente de diabetes, em 2017; e a mãe, também de sepse pós-cirurgia, no apagar das luzes de 2018 – …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/questoes-do-luto/

Que tudo passe…

Avisos de múltiplas mensagens de Boas Festas ao celular e na cabeça o verso insistente do samba de Nelson Cavaquinho: “tire seu sorriso do caminho que eu quero passar com a minha dor”.  Habilito o silêncio no dispositivo, mas a decoração ascética na recepção da UTI deixa os olhos voltarem sempre aos alertas visuais de …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/tire-seu-sorriso/

A luta de Jô

Ela perdeu o marido no mesmo ano em que a nora – esta que vos escreve – acidentou-se gravemente, exigindo cuidados integrais de seu caçula. No ano seguinte, sepultou o filho mais velho um dia antes de seu aniversário de 81 anos. Neste fim de ano, enquanto todos preparam-se para celebrar as festas de Natal …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/a-luta-da-leonina-jo/

Paz! (Coexistir é preciso)

“O trabalho de convencer é uma falta de respeito, é uma tentativa de colonização do outro”. Sempre achei esta frase de Saramago sábia e me pautei por ela em pleitos anteriores. Ultimamente, porém, ante o crescimento de discursos de intolerância e preconceitos, apavorei-me! Passei a me manifestar publicamente achando que era meu dever cidadão. Que pretensão …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/paz-coexistir-e-preciso/

Para a Lu, em seu aniversário

Por volta da época em que o ônibus espacial Challenger, da NASA, explodiu, e em que reportagens do Jornal Nacional incensavam os “fiscais do Sarney”, encontrei neste mundo minha irmã do coração. Em um dos primeiros dias de aula no 2º colegial F, numa escola estadual de Ribeirão Preto (SP), eu já estava instalada numa …

Continue lendo

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/para-lu-em-seu-aniversario/