D I S F A R C E

ÉRICA AMÊNDOLA *

Mulher desgraçada!

Acorda atrasada, leva no peito o lençol e derruba travesseiros, dobra tapete no pé, cata a toalha e debaixo do chuveiro abre os olhos pela primeira vez no dia. Bom dia! Bom?

Água curta, rápida, gelada, tem que ser bom!

Que sorte, a roupa pronta na poltrona, só escolhe os sapatos. Que lugar comum, meu, seu, meu Deus!

Briga com a alegria do novo todos os dias, pensa à noite, reza, chora, pede a Deus e pensa que o novo vem assim, tão de graça! Desgraça!

Pronta pra que? Por que? Pra da porta pra fora vestir o disfarce, fingir com a boca pintada, cílios plastificados. Pode chorar à vontade, não vai borrar nada!

 

Érica Amêndola*

jornalista com experiências como repórter, editora-chefe, apresentadora e âncora de noticiário nas empresas EPTV Ribeirão, SBT, Record TV e TV Thaty

 


Amiga querida, sempre de bem com a vida, Eriquinha inaugura a seção PALAVREIROS do blog, que toda semana passa a trazer texto autoral de um convidado.

 

 

Link permanente para este artigo: https://palavreira.com.br/disfarce/

3 comentários

    • Susana de Souza em 28 de junho de 2017 às 07:36
    • Responder

    Mulher assim, pronta pra vida! Somos todas!
    Delícia de crônica, Eriquinha ??

    • Érica em 27 de junho de 2017 às 09:49
    • Responder

    Amadíssima! Que responda escrever pro teu crivo! Frio na barriga! Obrigada pela confiança! ??????

    • Mariangels em 27 de junho de 2017 às 09:34
    • Responder

    Viva os espaços para as nossas escritas.
    Boa iniciativa Silvia! Bjs

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.