• Por onde começar?

    * THAÍS REGINA ISMAIL Nunca perder tempo. É a regra para mim, uma mãe solitária que vive com os dois filhos. Cuidar dos boletos, da casa, dos meninos, da cachorrinha, da roupa, da comida, das pernas que doem, das costas…

  • Crônica do dia de Ano Novo

    * CÁSSIO BIDA Em uma passeada pelas redes, li de de uma amiga uma história que me tocou bastante. Sobre uma estrela solitária que brilhava enquanto ela caminhava à noite e as sensações dela naquele momento. Nesta virada de ano…

  • Lar é onde mora o coração!

    * MARCELLA MOREIRA Minha namorada e eu estávamos à mesa tomando um café da manhã preguiçoso de domingo – aquele a cada 15 dias em minha folga do trabalho e a doídos 200 km de distância – quando comecei a…

  • Quando o amor desbota

    * RAUL OTUZI Somados aos treze copos americanos de pilsen vertidos com ânsia e sede, os duzentos e doze mililitros de cerveja estilo american IPA (fabricada artesanalmente por um colega de trabalho) foram suficientes para deflagrarem uma súbita coragem que…

  • As Sensações de Inhotim

    MARIANGELA GUMERATO * Depois de me surpreender com a estrutura de primeiro mundo do Instituto Inhotim, veio um banho de água fria com a notícia do desvio do dinheiro doado para o empreendimento que se transformou no maior museu de…